Outro dia pensei: puxa eu queria fazer um blog de um assunto que eu realmente goste muito mas ainda não sei o que.  Foi então que ouvi a seguinte resposta: “faz um sobre cachorros”.

É isso aí!! Então mudei pra esse endereço:  minhavidacomcachorros.wordpress.com

Daí também que descobri que não sofro tanto assim pra ter um blog com esse nome, rs.


Qual a raça?

08mai10

Se tem algo que me irrita mais do que perguntarem a raça do Napoleão antes mesmo de brincar com ele é, depois de ouvir minha resposta “vira-lata”, dizer: “nossa, mas ele é muito bonito!”

Peraí, pára tudo que eu quero descer: desde quando ter ou não raça influencia na “beleza” do cachorro? E desde quando existe cachorro feio? (Tá, tem alguns que são desajeitados, mas feios, nunca!).

Me irrita pessoas que julgam pela raça. Pra mim isso tem nome: baixa auto estima. Esse tipo de gente coloca as frustrações pessoais em cima do pobre do cachorro e tenta se valorizar usando o bichinho como acessório. Fica a dica: procure terapia urgente e não use um animalzinho pra provar a si mesmo e/ou aos outros quem você é.

>> Falando em vira-latas super indico: http://www.vira-latas.com/ e to doida querendo o livro (tem aqui ó).  Quem quiser me dar um presente, já sabe, hehe

Vira-lata pride!


Esse lindo cachorrinho das fotos abaixo está a procura de um lar que possa lhe dar muito amor.

Seu nome é Estopinha, macho de aproximadamente 4 anos, foi achado em São Mateus, na Av. Olegário Maciel (Juiz de Fora – MG). É extremamente manso, educado, carinhoso e muito muito tranquilo. Já foi ao veterinário e está com excelente saúde, vermifugado e em 5 dias será vacinado. Durante a consulta ficou quietinho e durante o banho também, não demonstrou nenhum sinal de agressividade.

No momento ele está hospedado em um hotelzinho, por isso preciso achar um dono com urgência pois não conseguirei manter o hotel por muito tempo. Mas ele só será doado para pessoas que realmente amem animais e irei pessoalmente verificar o local onde ele irá ficar.

>> Ajude a divulgar, repasse para quem você conhece. É rápido, prático e indolor.

UPDATE: Estopinha (que já se chamou Bob e agora é Hideki), foi adotado há mais de um mês por uma família linda. Ganhou uma casa colorida, criança pra brincar e o principal: amor. Desculpe a demora em postar esse final feliz mas estava esperando até tudo se consolidar. Meu sincero muito obrigada a todos que ajudaram!!!


Pois é o ano já começou bombando e todo mundo com aquelas resoluções de vida nova né?  Também resolvi que quero uma vida nova e, principalmente, uma vida que faça a diferença pra melhor na vida de outros seres vivos.

Me deparei com esse projeto aqui, Patinhas do Bem e estou apaixonada pela idéia. Integrar humanos e cachorros fazendo todos muito felizes. Queria fazer algo do tipo aqui na Província, alguém se habilita?

Enquanto ninguém se habilita e não ganho na loteria pra montar a minha ONG, vou divulgar aqui fotos de dois cachorros lindos que estão pra adoção (em Juiz de Fora).

1) Paçoca

Contatos: (32) 8414-1072 ou 3084-4236 falar com Fabiana
nanamanini@gmail.com ou fabicarmanini@hotmail.com
http://blogfabicarmanini.spaces.live.com/blog/cns!C802B6E40454CB6B!416.entry

2) Dálmata (não tem nome ainda)

UPDATE: O Dálmata foi adotado!!!

Contato: (32) 3213-7603


Pra quem como eu anda com probleminhas de memória, tem uma dica muito legal no Projeto Cisne (quem ainda não conhece é só clicar aqui) de um livro que trata desse assunto.

E aqui vai uma dica minha pra ajudar quem sofre com isso. O Google (sim, eu amo o Google demais da conta e faço até posts não patrocinados) tem uma ferramenta chamada Google Calendar, que nada mais é que um calendário online onde vc pode cadastrar todos os seus compromissos e dividí-los por categorias. O mais legal da ferramenta é que ela pode ser programada pra enviar lembretes por email e por celular (totalmente free!) de cada compromisso e ainda definir quanto tempo antes ela vai fazer isso.

Conheça mais clicando aqui (original) ou aqui (Wikipedia).

P.S – Google I love you :)


Essa semana Napoleão começou a passear na rua e no primeiro dia, pra meu espanto, ele estava morrendo de medo de tudo e saiu praticamente arrastado. Medo de carros, motos, caminhões e ainda levou um passa fora de 2 cachorros (tadinho!). No segundo dia ele ainda saia meio arrastado, mas melhorou na metade do caminho, só assustava quando passavam caminhões. O pavor dos carros e das motos tinha sumido.

E hoje para minha felicidade e orgulho, o medo dos caminhões também passou e ele andou lindamente ao meu lado na rua, não precisei arrastar o bichinho (meu bíceps já estava doendo).

Fico impressionada como eles superam rapidamente as coisas. A gente chora meses por um amor perdido, faz anos de terapia pra superar uma bronca da infância e eles de um dia pro outro passam por cima dos traumas. Na próxima vida escolho vir cachorro.

IMG_0538

Napoleão no primeiro dia com cara de pânico


Os planos de subida ao Pico da Bandeira foram um fracasso. A despeito da previsão do tempo ser ruim, decidimos viajar assim mesmo e tentar enfrentar a natureza.

Quando chegamos lá tudo ok, só caiu uma garoinha fina de 5 minutos que não deu nem pro gasto. Descansamos um pouco, colocamos um milhão de roupas quentes (eu tinha tanta meia no pé que parecia que tinha colocado gesso)  e fomos animadíssimos pra aventura. Cinco minutos dentro do jipe e caiu uma chuva fenomenal que durou uns vinte minutos. Não tinha a menor condição de subir e o guia louco insistindo pra gente esperar a chuva passar. Mesmo que isso acontecesse, subir por trilhas de noite e escorregando definitivamente não é o meu programa favorito. Fiquei fula da vida, minha cara rendeu até fotos dos outros de tão p*** que eu estava, mas não tinha mesmo o que fazer. Partimos pra uma pousada aconchegante ali perto pra  ir ao Parque de manhã.

No dia seguinte fomos ao Parque e percorremos umas trilhas muito legais! Claro que não chega perto de subir o Pico mas deu pra divertir bastante, rir dos quase tombos, visitar as cachoeiras e tirar vaaaarias fotos (cerca de 90).

Abaixo uma das minhas favoritas. Me lembra aquelas florestas dos desenhos da Disney em que um ser encantado vai aparecer a qualquer momento (ou parece um filme de terror, depende do ponto de vista ;)).

IMG_0417


Hoje foi o segundo capítulo da série: “Ficando lelé”. Ao invés de não aparecer no compromisso que eu havia marcado, hoje eu apareci num compromisso que na verdade é amanhã.

Corri que nem uma louca pela rua porque estava atrasada (quase perdi o sapato nessa travessia), cheguei lá e fiquei com cara de tacho porque o compromisso é amanhã.

Existe, mesmo que remotamente, alguma possibilidade de ter alzheimer aos 26 anos? Sério, tô ficando preocupada…

Aguardem cenas dos próximos capítulos.

P.S – sim o compromisso estava agendado no Google Calendar. Eu devia ter checado antes, aff

am_receitas_arroz_piamontese

Ficando lelé

08jul09

Antes eu brincava com isso mas agora tô achando que o negócio é sério. Por que? Eu dei bolo numa clienta! Como eu sei? Porque ela me ligou agora perguntando porque eu não apareci na reunião que marquei sexta-feira passada (sim, sexta!!).

Como assim eu fiz isso? Eu odeio bolos, consigo (ou conseguia) gravar todos os meus compromissos de cabeça, agora eu dei um bolo na mulher. Sorte que ela é um ser elevado que entendeu a situação, se fosse comigo eu soltava os cachorros. Sinal que devo melhorar como ser humano e tentar me elevar espiritualmente.

O Google deve me ajudar, vou virar adepta do Google Calendar now!


Depois do recadinho carinhoso que recebi num comentário aí embaixo, atendi ao pedido e atualizei aqui.

Exatos 10 anos depois da primeira experiência (mal sucedida) com aparelho, resolvi colocar de novo. Sabe como é, consertei o olho agora queria consertar os dentes e assim vamos antes que eu chegue os 30.

IMG_0024O fato é que terei que usar 2 longos anos e tinha me esquecido da tortura dos brackets e do desafio de comer em público sem passar vergonha. Como dessa vez escolhi um de porcelana pra ficar mais discreto, qualquer comida aparece horrores.

Mas como tudo nessa vida tem seu lado positivo, emagreço cerca de 1kg a cada vez que aperto o aparelho, ou seja de 2 em 2 semanas faço um regime forçado. E como escovar os dentes tem dado muito trabalho, uma vez que escovei penso 2x antes de comer qualquer coisa e assim estou selecionando mais o que como.

Ontem troquei as borrachinhas e agora meus dentes estão doendo. Nessas horas tenho ganas de arrancar tudo com alicate, mas como sou uma pessoa controlada não faço isso, claro.

Coisas que estou aprendendo ao usar aparelho:
– Algumas comidas não devem ser consumidas na frente de desconhecidos:  feijão, brigadeiro, bolo de chocolate e qualquer coisa com molho de tomate.
– Quando os dentes estão doloridos, pique a comida o máximo que conseguir, mesmo que isso signifique 30 minutos pra jantar




Tags

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.